Zug, "vale de cripto" da Suíça, foi classificada como centro de tecnologia de mais rápido crescimento na Europa

Zug, "vale de cripto" da Suíça, foi classificada como centro de tecnologia de mais rápido crescimento na Europa
Cointelegraph 2018-12-07 12:10:42 http://br.cointelegraph.com

A cidade suíça de Zug, que abriga o centro de desenvolvimento "vale de cripto", foi classificada como a comunidade de tecnologia que mais cresce na Europa.

Zug, "vale de cripto" da Suíça, foi classificada como centro de tecnologia de mais rápido crescimento na Europa

A cidade suíça de Zug, que abriga o centro de desenvolvimento "Vale de Cripto", foi classificada como a comunidade de tecnologia que mais cresce na Europa. O canal suíço de notícias sobre startups StartupTicker divulgou a notícia em 6 de dezembro.

De acordo com o último relatório anual "Estado de tecnologia na Europa" da Atomico, empresa de investimento global com sede em Londres, a Zug  ficou em primeiro entre as cidades da UE em relação ao crescimento ano-a-ano do número de participantes de "encontros" dedicados à tecnologia, com um aumento de 177% em comparação com o ano passado:Comparison of YoY growth of attendees to tech-related meetup events per city

Comparação do crescimento anual de participantes de eventos de encontros relacionados a tecnologia por cidade. Fonte: startupticker.ch

Como o Startupticker relata, a Suíça em geral teve um desempenho mais fraco em comparação com outros destinos tecnológicos europeus. O Reino Unido selou o primeiro lugar como destino preferencial dos “motores internacionais” não europeus no ecossistema tecnológico do país, seguido pela Alemanha e França - com a Suíça em décimo lugar - atrás de países como a HolandaIrlanda, Suécia e Bélgica.

Nem a Suíça conseguiu entrar na lista de engenheiros de software dos EUA que buscavam emprego na Europa.

No entanto, o relatório Atomico identificou investimentos corporativos suíços robustos em tecnologia, com Zürcher Kantonalbank em segundo lugar "mais ativo" investidor corporativo europeu, atrás apenas do BNP Paribas da França.

Conforme relatado no início desta semana, o Swiss Post, serviço nacional de correios do país, e a fornecedora de telecomunicações estatal Swisscom acabaram de anunciar uma parceria em uma infraestrutura de blockchain “100% suíça”. Sua principal premissa é fornecer um serviço que retenha todos os dados na Suíça e que possa atender aos requisitos de segurança dos bancos, em uma tentativa de impulsionar a economia suíça a “obter rapidamente uma posição de liderança” no desenvolvimento de casos de uso da tecnologia.

A Suíça tem uma reputação positiva entre os inovadores, selando o primeiro lugar da maioria dos países da União Europeia “amigáveis ??às blockchain” nesta primavera. Mais recentemente, o ministro da Fazenda da Suíça, Ueli Maurer, indicou que, em vez de estabelecer uma estrutura legal específica para blockchain ou cripto, o país planeja ajustar as leis existentes para acomodar a nova tecnologia e suas aplicações financeiras.